A escolha é sua. Apenas sua.

Padrão

Por Amanda

Eu cansei. Sério.

Fonte:www.dicasdemulher.com.br

Essa revolta toda tem uma longa explicação. Bem, eu sempre tive uma preocupação imensa com meu corpo, com o número da calça que eu vestia, com o peso que a balança mostra, sem dó nem piedade. Confesso que também sempre fui preguiçosa pra malhar, pra fazer alguma atividade física, então, o que me restou foi seguir milhões de dietas malucas, a fim de sempre manter meu peso dentro dos conformes. Até que ajudou, pois com tanta “nóia” na cabeça foi que eu não virei uma verdadeira bola, já que eu tenho a tendência a ser fofinha, por vida e por família.

Comer sempre foi um dos meus maiores prazeres, e foi desfrutrando desse prazer todo que meu peso entrou na casa dos 80(!!!!!!). Desespero? Sim, total desespero quando vi a minha amiga balancinha marcando números nunca antes vistos… Foi então que eu resolvi tomar uma atitude drástica, pra não dizer sensata, de entrar em uma academia e mudar meus habitos alimentares. Aleluia!  Eu realmente estava disposta e determinada a voltar para a casa dos 70, era o mínino que eu, como mulher, deveria fazer.

Malhei, fiz uma dieta equilibrada, cortei massas, pães, doces e refrigerante…nos dias úteis da semana, já que nos finais de semana eu sempre me permito pecar, afinal, comer bem é uma maravilha.

Foi nesse ritmo que perdi quase 7 kg( durante 4 meses) e finalmente voltei para a casa dos 70. Viva!

Mas você acha que foi fácil? Não foi. Eu comecei a perceber que pra ser uma pessoa saudável ( e magra) é preciso muito mais do que apenas a vontade de ter um corpinho bonito, é preciso se esforçar ( e muito, diga-se de passagem).

Quando visto minha calça 40, me sinto uma rainha. Sério. Quando coloco uma blusa de malha e vejo que não existem mais pneus pulando pra fora, eu me sinto completamente realizada. ( Tudo bem, a Cinta Modelodora ajuda nessa parte do problema ahahhah)

Não, eu não estou com o corpo da Natalie Lamour, mas estou feliz com meu corpo, com minha bunda que nunca diminui e meus pneus enrustidos eternamente. Não, eu também não tenho uma barriga tanquinho, mas fico satisfeita quando me olho no espelho. E é isso que importa.

Admiro MUITO as pessoas que são gordinhas e se setem maravilhosamente bem com seus corpos, mas eu realmente devo confessar que pra eu me sentir feliz e confiante eu preciso estar magra. Fato.

Mas eu cansei. Não, eu não cansei de fazer minhas dietas e a academia está mais firme e forte do que nunca.  Eu cansei mesmo foi do pensamento conformista de muitas pessoas , de que a feclidade não está associada ao peso, e que pode-se ficar de todo jeito e toda forma, comendo horrores e chorando pelos cantos depois.

Comer é sim algo prazeroso, mas quem disse que pra conseguir se manter magra é preciso deixar de comer o que gosta?  O problema não está no que se come, mas como se come. Comer como se não houvesse amanhã é um erro. O amanhã existe e a balança também. O esforço para se controlar é o mínimo que se pode fazer.

Eu hoje entendo que o esforço é uma qualidade louvavél nas pessoas. Se esforçar pra ser alguém melhor, pra ser uma esposa melhor, uma amiga melhor, uma mulher mais bonita…saindo da inércia do comodismo e alcançando objetivos maiores a cada dia…

Todos os dias eu leio milhões de blogs voltados para a “saga do emagrecimento”, com relatos diários de pessoas que estão na luta contra a balança. Eu também sempre escuto de pessoas que dizem ” dessa vez vai ser diferente, agora vou emagrecer” e passam-se dias e semanas e a pessoa na verdade não sai do lugar.

Surtos para entrar em dietas malucas acontecem, eu já tive muitos, mas surtos não resolvem. O esforço continuo e diário sim, resolve 99% dos problemas. Como dizia  Ralph Emerson : Nada se obtém sem esforço; tudo se pode conseguir com ele. Sim, tudo.

Fácil? Não é. Nunca será. Mas é gratificante se esforçar por meses e chegar no seu objetivo. O meu não era apenas emagrecer. Era me sentir mais desejada, mais bonita, menos deprimida por conta do meu peso.

Meu objetivo não era vestir uma calça 40. Era olha pra mim e ver uma mulher que eu mesma admirasse e assim recuperar minha auto-estima.

Definitivamente, a palavra chave é: limite.  Tudo tem limite, e nós precismos reconhecer os nossos. Eu sou louca varrida por chocolate, mas isso também tem limite. É com vergonha que eu assumo que eu comprava 3 barras de chocolate por 10 reais e comia tudo em um final de semana, pra afogar as magóas. Depois eu me perguntava o “porque” de eu ter feito aquilo. A resposta é a falta de limite, do bom senso e da noção de que somos aquilo que comemos.

Definir seus limites, se esforçar e entender que muito mais que beleza, nossa saúde está em jogo. E eu não estou aqui falando,  apenas, de saúde física. Estou falando de saúde mental também. De emoção, de auto-estima.

É tudo muito díficil ? É sim, mas não é impossível. Enxergue a longo prazo, veja o que poderá mudar se VOCÊ mudar  e lembre-se sempre dessa frase:

A mudança não acontece gradualmente, mas num momento decisivo.

( Malcolm Fladwell. O Ponto da Virada)

Anúncios

»

  1. Concordo com vc em tudo Zefa Amanda! é o meu caso, não quero emagrecer pela ditadura da beleza que a sociedade consumista nos impõe,quero emagrecer pelo simples fato me sentir bem, meu marido me diz: gosto de vc assim como é, com seus kilinhos extras, pneuzinhos etc… mas pra mim o que mais importa é eu gostar de mim mesma, me aceitar como estou, que não é o caso neste momento…
    vou “tentar” fazer a reeducação alimentar, as caminhadas, mas como vc mesmo disse:
    “É tudo muito díficil ? É sim, mas não é impossível. Enxergue a longo prazo, veja o que poderá mudar se VOCÊ mudar e lembre-se sempre dessa frase:
    A MUDANÇA NÃO ACONTECE GRADUALMENTE, MAS NUM MOMENTO DECISIVO.”
    muito obrigada pelo “seu desabafo”, tenha certeza que não é só seu, mas de muitas, como eu…
    beijão
    boas férias!!

  2. Bom, não sei nem por onde começar, amiga sei que ja conversamos inúmeras vezes sobre dietas, regimes, academia, fechar a boca e afins, axo que devemos fazer as coisas com prazer, de modo que possamos nos sentir bem com aquilo, uma coisa é certa, “NÃO EXISTE MILAGRE” …se vem um fulano e diz: “A faz essa dieta aki menina é tiro e queda” coisa nenhuma, pra se emagrecer e ter uma vida saudável a única maneira é a combinação “Exercício + Alimentação Correta + Tempo”, sim tempo, quando vc vir uma coisa que promete resolver seus problemas em pouco tempo, desconfie, nada que venha rápido demais permanece, vc acaba engordando mais e mais…..Eu entendo perfeitamente o que vc fala, apesar de não ser mulher, mas eu sou “gordinho” desde que me entendo por gente, já nasci gordo, com exatos 5 kg (coitada da minha mãe), durante um período da minha adolescência eu quiz muito emagrecer, fiz um tratamento longo e caro, com um endocrinologista, tomei remédios, emagreci 18 kilos, mas sofri muuuito, o efeito colateral dos remedios pra mim eram terriveis, cheguei a ficar quase 4 dias sem dormir por causa dos remédios, enfim, hoje com 21 anos continuo gordo, mas uma coisa mudou dentro de mim, axo que fiquei mais feliz com o passar do tempo, não tenho problemas com isso, me sinto bem, cheguei aos 139 kg, foi o máximo do meu peso, hoje peso 120kg com 1:78 de altura, sou feliz, entendi que nunca vou ser magro, minha saúde é muito boa 3 vezes por ano faço exames regulares, hoje me sinto feliz da maneira que eu sou….te desejo muita força nessa sua caminhada…..aaaaaa junto com aquela encomenda que vc vai me mandar lá da praia do Recife, manda junto um bolo de rolo que eu vou adorar…..BJUS AMIGA, TE ADORO…..

  3. Oie amanda… Como havia comentado como você desde que começei com minha reeducação alimentar meu peso só muda qdo fico muito tempo parada.. Hoje em dia não gostar de academia é fato para algumas pessoas.. Mas podemos fazer exercícios em casa só observar os programas como o medida certa (série do fantástico), o bem estar (10 da matina na globo) e o E ai doutor (14:30 na record) para ver que é possivel sim emagrecer com saúde. Se a pessoa não curte musculação. Tem a caminhada que tem ser feita todos os dias, a esteira, a bicicleta, a corrida, a natação, a hidroginástica. E também fazendo exercícios de alongamento em casa tá para dar uma melhorada.. Nossa estou muito feliz com sua decisão. E espero sempre te ver motivada… Saúde e disposição como vc mesmo diz não melhora só nosso corpo, mas a nossa mente também.. Como diz o ditado Corpo são mente sã.

    Abs

    Renata

  4. Amandaaaaaaaaaa, amei o post 🙂 Início do ano, comecei a caminhar e fazer a reeducação alimentar,conseguir perder uns 4 kg em mais ou menos 2 meses e 1/2. Com a chuva(aqui em Recife, alaga tudo né?), eu não estou mais caminhando,pense como ando triste viu?Tava vendo as melhoras que o meu corpo estava tendo,não só emagrecendo como tb o condicionamento, estava menos estressada…Bom,espero que esse inverno acabe logo, enquanto isso tenho que arrumar um método de fazer exercício ou em casa ou na academia né? Acho que no nosso encontrinho no xopis, vou aproveitar p/comprar alguns ítens para começar os exercícios em casa e deixar a preguiça de lado 🙂
    É muito gratificante quando a gente vê que o nosso esforço não está sendo em vão,é difícil,mas não é impossível. Assim como vcs, quero perder uns quilinhos principalmente por causa da saúde e depois para está bem comigo mesma,não porque a sociedade impõe a magreza como única e exclusiva beleza.
    Bom,vamos ver o que acontece daqui pra frente né?Pelo menos a reeducação alimentar eu não deixei de lado 🙂

    Beijos,
    Greizy 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s